BLOG DO MARCELO

Uma nova realidade para um mundo bagunçado

São Marcos, a Muralha do Palestra Itália

Posted by Marcelo em 10/06/2009

Sao MarcosMarcos Roberto Silveira Reis, nascido em Oriente no dia 4 de agosto de 1973, conhecido no mundo da bola como Marcos ou Marcão.

Joga desde 1992 como goleiro do Palmeiras. Carinhosamente chamado como “São Marcos” pelos palmeirenses, sendo considerado um dos maiores jogadores da história do clube, além de ter vestido apenas a camisa do alviverde em toda sua carreira. Foi goleiro titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, quando a equipe conquistou seu quinto título mundial.

Carreira

Aos 18 anos, prestes a completar 19, Marcos estreou no time principal do Palmeiras em um amistoso contra a Esportiva Guaratinguetá em 16 de maio de 1992, vencido pelo seu time pelo placar de 4 a 0.

Depois desse jogo, Marcos continuou como o terceiro goleiro da equipe e só voltou novamente em 1996, quando já era reserva imediato da posição, permanecendo nessa condição até 1999.

Titularidade

Em menos de três meses, Marcos se transformou de reserva do Palmeiras a principal astro da maior conquista do clube: a Copa Libertadores da América de 1999. O goleiro virou titular na quinta rodada da competição, devido a uma contusão de Velloso, e não largou mais a camisa 1. Para alegria da torcida palmeirense, suas melhores atuações foram nos dois jogos contra o arqui-rival Corinthians, nas quartas-de-final, quando fez defesas milagrosas que levaram a decisão aos pênaltis. Ao final da competição, além de receber o apelido de São Marcos, foi eleito o melhor jogador da Libertadores.

marcos3

Defesa do pênalti batido pelo Marcelinho Carioca, Libertadores 2000

Em 2000, reforçou sua condição de ídolo com grandes apresentações, com destaque para as partidas das épicas semifinais da Libertadores contra o Corinthians. Depois de dois duelos no tempo bastante disputados, o primeiro com vitória do clube alvinegro por 4 a 3 e o segundo com vitória alviverde por 3 a2, a decisão da vaga para a final foi para os pênaltis. Marcos defendeu a última cobrança, batida pelo Marcelinho Carioca, ídolo da torcida na época, garantindo a classificação do seu time para mais uma final, em que, após dois empates, perdeu o título para o Boca Juniors em nova decisão por pênaltis.

Copa do Mundo

Marcos1

Defesa de Marcos na final da Copa de 2002

Em 2002, foi goleiro titular da Seleção Brasileira campeão da Copa do Mundo, no Japão e na Coréia do Sul, sendo o único jogador da Seleção a não ser substituído em toda a Copa pelo técnico Felipão. Seus reservas eram Dida e Rogério Ceni. Foi considerado por muitos o melhor goleiro da copa. Pois Oliver Kahn, no jogo da final contra o Brasil, falhou feio no primeiro gol de Ronaldo, praticamente arriscando a sorte da Alemanha no jogo.

Fez uma Copa espetacular, com defesas extraordinárias, entre elas uma cobrança de falta de Neuville na final contra a Alemanha, que foi eleita a melhor defesa da competição pela FIFA.

No mesmo ano, foi eleito o quarto melhor goleiro do mundo, ficando atrás apenas de grandes nomes como Oliver Kahn (então vice-campeão do mundo) e Ilker Casillas, que por sua vez tinham maior presença na mídia por atuarem em grandes clubes europeus.

Daí em diante, escreveu seu nome como um grande ídolo do futebol brasileiro e passou a ser considerado um dos grandes goleiros do futebol mundial em todos os tempos.

Dificuldades

Em 2002, após a Copa do Mundo, o Palmeiras fez uma campanha ruim no Campeonato Brasileiro daquele ano e acabou rebaixado para a série B.

Mesmo com momento delicado no clube paulista, e com uma proposta do Arsenal para substituir David Seaman, a paixão de Marcos por sua família e pelo Palmeiras o fizeram permanecer no Brasil, para levar o time de volta à primeira divisão, o que aconteceu em 2003.

Em 2007 sofre nova contusão contra o Juventus no dia 11 de março pelo Campeonato Paulista. Voltou aos gramados como reserva no jogo contra o rival Corinthians em que o Palmeiras venceu por 1 a 0, porém uma nova lesão, em meados de 2007, o afastou mais uma vez dos gramados. Em 2008, depois de 11 meses fora, Marcos voltou a ser titular no jogo contra o Guaratinguetá na 7ª rodada do Paulistão e depois disto, não saiu mais do gol alviverde, assumindo o posto de goleiro “favorito” do técnico Vanderlei Luxemburgo, pois Diego Cavalieri estava em grande ascensão.

Volta por cima

No dia 4 de maio de 2008, como resultado de seu grande esforço de recuperação, sagrou-se Campeão Paulista. No dia 21 de setembro fez 400 jogos com a camisa do Palmeiras.

No dia 1 de novembro de 2008, perdeu o pai, o senhor Ladislau Silveira Reis, de 73 anos que, em conseqüência de problemas cardíacos, veio a falecer às 6 horas da manhã em Marília (a 21 Km de Oriente, cidade natural de Marcos), e por isso foi poupado do confronto entre Palmeiras e Santos, no jogo houve um minuto de silêncio em homenagem ao pai do ídolo palmeirense.

No dia 1 de dezembro de 2008, o goleiro Marcos se surpreendeu ao ser merecidamente eleito o terceiro jogador mais popular do mundo pela IFFHS (Federação Internacional de Estatísticas e História do Futebol), ficando a frente de jogadores como Kaká, Cristiano Ronaldo, Messi e a frente do companheiro de posição e rival Rogério Ceni. E ainda, para coroar sua volta por cima, foi eleito o terceiro melhor goleiro do Campeonato Brasileiro de 2008.

Marcos3

Marcos após defender o 3º pênalti, classificando o Palmeiras à quartas-de-finais, Libertadores 09

No dia 12 de maio de 2009, em jogo contra o Sport Recife válido pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América, Marcos teve a melhor atuação desde seu retorno. Com defesas incríveis durante a partida e defendendo três cobranças adversárias nas disputas de pênaltis, garantindo a ida do Palmeiras às quartas-de-final.

Títulos

Palmeiras

  • Campeonato Brasileiro – 1993 e 1994
  • Torneio Rio-São Paulo – 1993 e 2000
  • Campeonato Paulista – 1993, 1994, 1996 e 2008
  • Torneio Lev Yashin (Rússia) – 1994
  • Copa Euro-América – 1996
  • Taça Maria Quitéria – 1997
  • Copa Naranja (Espanha) – 1997
  • Taça Governador de Goiás – 1997
  • Copa Mercosul – 1998
  • Copa do Brasil – 1998
  • Copa Libertadores da América – 1999
  • Copa dos Campeões – 2000
  • Campeonato Brasileiro Série B – 2003

Seleção Brasileira

  • Copa América – 1999
  • Copa do Mundo – 2002
  • Copa das Confederações – 2005

Pessoais

  • Melhor Jogador da Copa Libertadores da América – 1999
  • Revelação da Copa Libertadores da América – 1999
  • Melhor Jogador da final da Copa Libertadores da América – 1999
  • Melhor Goleiro da Copa Libertadores da América – 1999
  • Melhor Goleiro do Campeonato Paulista – 1999
  • Único goleiro a ser eleito melhor jogador de uma edição da Libertadores (recorde)
  • Único jogador da Seleção Brasileira a não ser substituído na Copa do Mundo de 2002 (recorde)
  • Foi eleito o quarto melhor goleiro do mundo – 2002
  • Foi eleito o terceiro jogador mais popular do mundo pela IFFHS – 2008
  • Está na lista entre os maiores goleiros da história – 2008
  • Terceiro melhor goleiro do Campeonato Brasileiro – 2008
  • Vencedor do confronto “Quem é o melhor?”, realizado pela TV Globo no programa Esporte Espetacular, ganhando de seu rival Rogério Ceni, com 66% dos votos – 2009
  • É considerado um dos três maiores ídolos da história do Palmeiras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: